Valeria Gauz

Experiência Profissional no Brasil e nos Estados Unidos

Cargo: Bibliotecária de Livros Raros

Museu da República

Maio de 2011 até o presente


• Criação da Seção de Obras Raras e Coleções Especiais (2014)

Avaliação e tratamento técnico dos livros raros da Biblioteca do Museu da República. A tarefa permitiu separar do acervo comum os itens raros.


• Exposição virtual: Dedicatórias a Getulio Vargas: Fragmentos de Uma Biblioteca (Dezembro de 2014)


• Procedência de livros: elaboração de base de dados com nomes de pessoas e instituições às quais pertenceram os livros hoje no acervo do Museu a partir de ex libris,  assinaturas, dedicatórias etc.



Cargo: Catalogadora de livros raros

John Carter Brown Library at Brown University
Outubro de 1998 até outubro de 2005


 •  Catalogação do acervo em português e espanhol, finalizando o tratamento técnico de livros raros brasileiros e portugueses. O projeto tornou possível o acesso online a documentos históricos raros e serve como referência para outras bibliotecas nos Estados Unidos e em outros países (catalogação original e completa);


 •  Criação de web site para documentos governamentais brasileiros do período colonial: Codigo Braziliense. O projeto tornou possível o acesso a aproximadamente 2.000 documentos do período colonial brasileiro, e complementa o LAMP Project da Universidade de Chicago, que abrange os períodos do Império e da República. Supervisão indireta de estagiários;


 •  Planejamento e elaboração de catálogo impresso, em base de dados, dos livros em português da biblioteca (1.250 referências). O Portuguese and Brazilian Books in the John Carter Brown Library, 1537-1839 foi publicado em 2009 e concorre ao 16th ILAB Breslauer Prize for Bibliography;

 

  Participação na comissão de seleção e compra de acervo em português da biblioteca. Auxílio a pesquisadores locais e de outras instituições.


Para o período entre 2007 e 2011, clicar em Educação.


Cargo: Bibliotecária e Consultora

Museu da República
Outubro de 1995 a setembro de 1998


Proposta de implantação de atividades da internet (listas eletrônicas etc.) e treinamento de funcionários nos departamentos do Museu da República. Responsável por atualizações mensais de conteúdo cultural no web site da instituição;


 •Digitalização de documentação jurídica para firma de advocacia. O projeto resolveu parcialmente problema de espaço e facilitou armazenamento e acesso à informação. Supervisão de estagiário. Projeto desenvolvido pela Hollos Assessoria e Consultoria Ltda.



Cargo: Chefe de Divisão em diferentes departamentos 

Biblioteca Nacional do Brasil
Julho de 1989 a março de 1995

 

Divisão de Microrreprodução

 

  Responsável pela reprodução das coleções da biblioteca (e de outras instituições) em microfilme, fotografia, e cópias xerox. Gerenciamento de projetos e liderança de equipe de 25 pessoas.

 

•  Avaliação e análise da demanda de informação em níveis local e nacional. Organização de dois encontros nacionais para o Plano (Plano Nacional de Microfilmagem de Periódicos), ocasionando melhoria no relacionamento entre a biblioteca e as coordenadorias estaduais do Plano.

 

•  Implementação de base de dados para 7.400 títulos de periódicos microfilmados. O projeto permitiu organizar eletronicamente 15 anos de informação até então em papel, e deu origem ao Catálogo de Periódicos Brasileiros Microfilmados (1994). Como consequência, a Biblioteca Nacional e os coordenadores estaduais do Plano puderam planejar suas atividades anuais com base em dados atualizados.

 

•  Desenvolvimento de política de reprodução de acervo em conjunto com outros departamentos da Biblioteca, tendo como conseqüências melhoria no atendimento ao usuário local e melhoria no relacionamento com outros departamentos da Biblioteca Nacional.

 

Divisão de Divulgação Internacional

 

• Implementação de ações com vistas à promoção da literatura brasileira no exterior através de elaboração e/ou coordenação de catálogos e planejamento de seminários durante a Bienal do Livro. As atividades promoveram encontros entre escritores, agentes literários e tradutores, eventualmente ocasionando negócios. Gerenciamento de equipe.

 

Divisão de Livros Raros

 

•  Implementação de políticas internas que resultaram em melhoria no atendimento ao público local, como facilitar acesso irrestrito às fontes de referência, por exemplo;

 

•  Avaliação da demanda de informação em níveis local e nacional. Implementação de estudo de caracterização de público e uso dos serviços oferecidos pela Divisão, visando melhoria no atendimento local, nos serviços técnicos oferecidos, e no relacionamento com instituições do Planor (Plano Nacional de Obras Raras) em nível nacional. O estudo, aprovado pelo IBICT/UFRJ como dissertação de mestrado, pode ter auxiliado tomadas de decisão em fase de pré-automação do catálogo, confirmou hipóteses, e permitiu um real entendimento das coleções de livros raros em outros estados brasileiros após anos de oferecimento de serviços por parte do Planor;

 

•  Supervisão de equipe de 20 pessoas e gerenciamento de acervo raro de 40 mil volumes.

 

Divisão de Obras Gerais

 

Coordenação de serviços de atendimento a público, supervisão de equipe de 27 pessoas e gerenciamento de acervo, antigo e moderno, de 4 milhões de volumes aproximadamente.



Cargo: Catalogadora de livros raros

Sub-Projeto Integração do Acervo Histórico

Seção de Obras Raras

Junho de 1982 a junho de 1989

 

Catalogação de livros raros em diversas línguas latinas e atendimento a público. Participação em publicações.



Cargo: Bibliotecária
Our Lady of Mercy School Library

agosto de 1981 a junho de 1982

•    Responsável pela biblioteca da escola americana católica no Rio de Janeiro, realizando atividades com crianças e adolescentes, como o concurso de redação Monteiro Lobato.
 

Cargo: Estagiária

Faculdade de Economia e Administração (FEA)

Universidade Federal do Rio de Janeiro

1979-1981

Estágio na Biblioteca Eugênio Gudin, realizando tarefas de atendimento ao público e controle do uso de periódicos.